A sociedade

O momento
Nos períodos pré-dinástico e dinástico, o clima egípcio era muito menos árido do que é hoje. Vastas regiões do Egito estavam cobertas por savanas arborizadas e povoadas por manadas de ungulados. A fauna e flora eram muito mais prolíficas e havia grandes populações de aves aquáticas na região do Nilo e suas imediações. A caça teria sido uma prática comum para os egípcios, sendo este também o período em que muitos animais foram domesticados pela primeira vez.

O Povo
Os antigos egípcios colocavam um grande valor em matéria de higiene e aparência. A maioria banhava-se no Nilo e usava um sabão pastoso, o suabu, feito de gordura e giz. Os homens raspavam todo o corpo para limpeza, e perfumes aromáticos, óleos e pomadas ocultavam maus odores e mantinha a pele suave. Os óleos eram feitos com gordura vegetal ou animal e eram aromatizados com mirra, incenso ou terebintina. Os egípcios usavam um tipo de sal, o bed, para fazer gargarejo. As mulheres da corte passavam por um processo mais completo: depilavam-se, massageavam rosto e braços com pomada de mirra, colocavam um creme verde de malaquita nas pálpebras, desenhavam uma linha de khol preto para alongar o olho, colocavam pó de ocre nas bochechas e lábios e untavam a palma das mãos e a sola dos pés com hena.

Religião
Não existiu propriamente uma religião entre os egípcios, no sentido contemporâneo da palavra. No entanto, crenças no divino e na vida após a morte foram enraizadas na antiga civilização egípcia desde seu início; o reinado faraônico foi baseado no direito divino dos reis. O faraó era considerado o filho de Rá.

O panteão egípcio era habitado por deuses, que tinham poderes sobrenaturais e foram chamados para ajuda ou proteção. No entanto, os deuses não eram sempre vistos como benevolentes, e os egípcios acreditavam que tinham de ser aplacados com oferendas e orações. A estrutura deste panteão mudava continuamente como novas divindades sendo promovidas na hierarquia, mas os sacerdotes não fizeram nenhum esforço para organizar os diversos mitos da criação, por vezes conflitante, e histórias em um sistema coerente.

A sociedade

Neter est anjinho