Thu`dan Varanus

Sendasti

Description:

Membro da família Varanus, primeira linhagem de reptilianos aceito e alterados por RA. Filho de Losshiek irmão e conselheiro de Vulkianon o senhor tribal de Varanus.

Bio:

Send’Asti Varanus é a familia dos grande Dragões, uma castas de líderes tribais entre os Sendasti. Membros da familia vem liderando sua raça à 3 gerações. A história que vamos seguir é de Thu’dan Varanus:

Thu’Dan Varanus nascido no encontro de Ra com …, entre incensos, mel e ouro. Sua vinda à Aaru foi predestinada pela Reverenda-Mãe Igini Melianu como a vinda de uma revolução dos ancestrais. O destino negava-lhe o trono da tribo que sua revolução seria algo em benefício dos ancestrais.

A velha Igini, enlouquecida pelo transe da predestinação desenhou um símbolo referente ao espírito de revolução do jovem. As Sayadinas, ajudantes da Reverenda, ao mostrar o símbolo ao seu pai Losshiek e seu irmão-Rei Vulkianon fez com que ambos sentissem um calafrio na espinha. O símbolo do outro lado, um morcego sobre o mundo, brasão de Thu’Dan, o grande Dragão de Rá.

Vulkianon mandou que o ovo aonde se encontrasse seu sobrinho fosse decorado com o símbolo do morcego sobre o mundo. Os sacerdotes, prontamente, foram separar o ovo do jovem príncipe. Igini olhou para seu Rei e lhe deu um último aviso:

Meu Rei, esta revolução virá para alterar tudo e a todos. Os ancestrais estão reencarnando não apenas na nossa tribo, o futuro de Aaru está nas mãos dos velhos-renascidos. – Vulkianon afirmou com a cabeça e dispensou sua Reverenda-Mãe.

Conselheiro Losshiek, meu irmão, – clamou o rei Varanus. – caminhe comigo.

Sim meu senhor, – levantando-se lentamente e deixando sua esposa nos aposentos de Rá. Seu irmão já estava começando sua caminhada.

Irmão, seu filho trará uma nova revolução para este mundo… , – ao longe podia se escutar jovens brincando e escravos rindo, um paradoxo para o teor da conversa do Rei e de seu irmão – temos que preparar o terreno para a vinda de outro abençoado pelo Morcego.

Vulkianon, meu irmão…, – uma pausa nervosa.

Sim, Losshiek?, – o Rei pára sua caminhada e vira em direção do seu irmão. O tempo parece que parou naquele instante, até em sua idade avançada Losshiek iria lembrar do seu sobrinho brincando entre as helicônias do Oásis de Varanus e seu filho tendo sua casca-sagrada banhada por Ra e adornada pelo símbolo do Morcego.

Não tenho uma alma guerreira, como bem sabe… gostaria que você pudesse providenciar para que meu filho fosse mais do seu feitio. – humildemente Losshiek pedia. – Afinal, um revolucionário com o brasão do morcego, nascido entre os Dragões de Ra deve saber se defender.

–_ Não se preocupe irmão, meu sobrinho será tratado com o mesmo amor e responsabilidade que meu filho, Kom’Odi Varanus._ – afirmou o Rei-Dragão.

-—————————

continua….

Thu`dan Varanus

Neter est Bpaiva